Tecnologia da Informação

O uso da tecnologia para aumentar as vendas

Escrito por SONDA

A tecnologia mudou não só a relação entre as pessoas como alterou também as formas de consumo. Nesse cenário, smartphones e tablets se tornaram ferramentas para compras para várias pessoas. Além disso, a internet passou a armazenar um grande leque de informações sobre produtos e serviços, sendo uma das principais ferramentas de pesquisa antes de uma compra ser realizado.

Com mais informações disponíveis, o nível de exigência dos consumidores alcançou um novo patamar. Hoje não há mais espaço para erros em sites, problema de desempenho e informações erradas. E em meio a tudo isso, as empresas precisam encarar o desafio de oferecer melhores experiências a seus clientes a fim de aumentar as vendas e maximizar a sua fidelização.

Tudo bem que os recursos tecnológicos tenham mudado a rotina dos consumidores, mas eles podem também criar mais alternativas de negócios. A verdade é que a forma como a tecnologia será incorporada ao ambiente corporativo é capaz de determinar em qual estágio competitivo a empresa se encontra.

Curioso para identificar formas de aproveitar essas inovações para aumentar a lucratividade do seu negócio? Então acompanhe nosso post de hoje e veja como utilizar a tecnologia para aumentar as vendas!

Interação com o cliente

Não tem como fugir: o uso da tecnologia afeta diretamente a forma como a empresa se relaciona com seus clientes. E um importante fator para a oferta de melhores experiências aos consumidores é o grande volume de dados proporcionados por esses novos recursos — especialmente os softwares de Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM) e as soluções de análise de dados.

Afinal, a interpretação dessas informações levará ao entendimento das pretensões e dos anseios dos clientes, ainda que eles nem sequer tenham concluído a compra.

Com dados sobre hábitos e preferências dos consumidores em mãos, os vendedores se tornam bem mais preparados para o primeiro contato.

Em um único local, todas as interações do consumidor com o negócio poderão ser acessadas. Dessa forma, vendedores conseguirão levar o cliente em potencial até o fim do funil de vendas muito mais facilmente.

As soluções de análise de dados criaram um novo ambiente para a criação de estratégias comerciais precisas e inovadoras. Cruzando dados de redes sociais, o histórico de vendas e informações coletadas em meios como pesquisas de pós-vendas, o empreendimento pode criar perfis de todos os seus clientes.

Uma vez que a empresa tenha dados sobre o seu público alvo completos, ela pode criar campanhas de marketing diferenciadas e segmentadas da maneira correta. Além disso, a companhia poderá avaliar como as pessoas estão recendo as suas campanhas com alta precisão, algo crucial para obter os insights corretos na hora de de refinar as abordagens de marketing e vendas.

O Big Data também é dos usos da tecnologia para aumentar as vendas. Identificando com alta precisão o que consumidores querem, o empreendimento consegue preparar-se melhor para as mudanças do mercado e criar uma linha de serviços e produtos de alta competitividade.

Outra forma por meio da qual a tecnologia auxilia na interação com o cliente está justamente nos canais de comunicação. Hoje, empresas precisam ter uma estratégia de comunicação multicanal, envolvendo a internet e meios tradicionais, como o telefone.

Anteriormente, o telefone e as visitas pessoais eram as únicas formas de contato com o consumidor. Contudo, com novos recursos integrados às rotinas de trabalho, as relações com o cliente se tornaram mais próximas, ágeis e diretas.

Aí entram as mensagens instantâneas, as conferências on-line e as mídias sociais, por exemplo. Empresas devem estar disponíveis para atender os seus consumidores no maior tempo possível e, com o auxílio da tecnologia, isso é feito facilmente.

Com um atendimento multicanal, o empreendimento consegue oferecer tratamento personalizado de acordo com o perfil do consumidor e as suas preferências pessoas. Consequentemente, é mais fácil ampliar a possibilidade de satisfação do consumidor a médio prazo.

Acredite: a satisfação da clientela tende a crescer exponencialmente quando o vendedor aplica os recursos tecnológicos adequados para cada etapa de compra. Nessa nova realidade, a empresa deixa de ser tão intrusiva como acontecia há não muito tempo, quando fazia diversas ligações para o cliente até conseguir que a venda fosse realmente concluída.

Acompanhamento de desempenho

Mensurar o desempenho dos vendedores é fundamental para que o negócio realmente entenda em quais pontos precisa evoluir. Avaliando os produtos que mais vendem, as campanhas que deram certo e outros fatores, o empreendimento consegue identificar os seus pontos fortes e fracos.

Novamente, surgem aí os recursos tecnológicos, que permitem ir muito além do estabelecimento de metas de vendas para o fim do mês e da enumeração dos objetivos devidamente cumpridos.

As soluções de análise de dados fornecem uma visão mais ampla para o empreendimento avaliar como o consumidor lida com as suas estratégias de vendas em diferentes cenários.

Faça uso das ferramentas do mercado para saber quantas novas oportunidades de negócio foram abertas por seus vendedores. Se esse número for baixo, a capacidade de vendas diminuirá e, consequentemente, metas deixarão de ser alcançadas.

Acompanhe, por exemplo, quantos contatos efetivamente se transformam em vendas e se os recursos de CRM ajudam a entender as razões para a não conclusão das compras. Com essas informações, é possível corrigir os momentos em que os vendedores têm falhado com alta precisão.

Softwares e aplicativos também ajudam a medir o ticket médio de cada vendedor. Com isso, em vez de apenas relacionar quantas vendas foram feitas, é possível compreender quanto cada funcionário é capaz de gerar de receita para a empresa.

Além de medir o desempenho dos vendedores, os recursos encontrados no mercado permitem que a empresa identifique de forma mais ágil quais produtos apresentam maior demanda ou tendem a gerar mais vendas futuras. Dessa forma, o controle de estoque é otimizado e as repostas a tendências são dadas rapidamente.

A gestão do estoque também é otimizada de outras maneiras, principalmente nas etapas de entrega de produtos. Essa é uma parte crítica de uma venda, uma vez que erros podem, facilmente, contribuir par a queda na lucratividade do negócio.

Espalhando sensores por todo o estoque, o empreendimento conhecerá melhor como as suas mercadorias são manuseadas durante todos os processos de entrega. Falhas e gargalos operacionais serão rastreados rapidamente. Dessa forma, a companhia pode atuar de maneira estratégica para criar um processo de entrega ágil e preciso, maximizando a sua capacidade de fidelizar consumidores.

Data driven marketing

Antes era necessário fazer grandes investimentos para atrair clientes, certo? Pois inclusive a forma de proporcionar reconhecimento às empresas foi alterada com a tecnologia. Para atender a pessoas cada vez mais bem informadas e exigentes, é necessário lançar mão de ferramentas eficientes. 

Especialmente nesse ponto, o marketing digital tem sido fundamental para o aumento das vendas. Ele tem se beneficiado das novas tecnologias para criar estratégias de marketing eficazes e bem direcionadas.

Com maior atenção ao meio digital, onde atualmente está inserida a maioria dos consumidores, as empresas são capazes de oferecer produtos no momento certo e dentro das pretensões exatas de cada interessado.

E o melhor é que essa meta pode ser alcançada sem a necessidade de grandes recursos, a partir da aplicação de data driven marketing, que traz ações orientadas por dados.

Ao posicionar o consumidor no centro da estratégia e usar dados para atendê-lo da melhor forma possível, as ações de marketing se tornam cada vez mais eficientes, aumentando assim as possibilidades de engajamento. Consequentemente, a experiência do cliente é otimizada e as oportunidades de venda se ampliam graças ao apoio da tecnologia para aumentar as vendas.

Competitividade e inteligência de mercado

Saber quais produtos têm sido oferecidos e quais são os preços praticados pelos concorrentes é imprescindível para que a empresa não perca competitividade. Nesse sentido, é essencial contar com softwares de Big Data, que tornam mais acessíveis o monitoramento da concorrência e o mapeamento do mercado. Mais uma vez, os recursos tecnológicos saem em ajuda de suas vendas!

Algumas das ferramentas atualmente usadas permitem que a empresa controle o próprio estoque sem deixar de monitorar também a oferta de produtos dos concorrentes. Com essas informações em mãos, os gestores encontram mecanismos para alavancar sua eficiência de precificação, o controle de sua relação com fornecedores e o entendimento de tendências de mercado.

Desconsiderar o uso da tecnologia pode levar a empresa à estagnação ou até mesmo abrir espaço para que os concorrentes cresçam no mercado, seguindo atitudes inovadoras e acompanhando todos esses avanços tecnológicos.

Gestão de tempo

No fim das contas, um dos maiores benefícios do uso tecnologia diz respeito à otimização de tempo nos fluxos de trabalho. Com a facilitação do acesso aos clientes, o vendedor já não perde tantos preciosos minutos com deslocamento, por exemplo, podendo consequentemente dedicar mais tempo à melhoria de seu atendimento.

Com a videoconferência, por exemplo, a distância entre vendedor e cliente é drasticamente reduzida. Nesse caso, lembretes automáticos ajudam a não lembrar a hora certa de entrar em contato com um consumidor. Isso sem contar que os novos canais de comunicação tornam o processo de vendas muito mais ágil!

Outras ferramentas de comunicação aumentam a integração entre times. Indo além do e-mail e o telefone, conseguindo ampliar os canais de comunicação, o empreendimento torna projetos mais ágeis, reduz o número de erros de comunicação e facilita a troca de dados. Assim, todos conseguirão encontrar formas mais eficazes de prestar serviços para os principais parceiros comerciais da empresa.

O empreendimento também pode utilizar ferramentas para distribuir tarefas sem erros a todos os colaboradores. Hoje, softwares baseados em metodologias ágeis conseguem fornecer uma maneira mais eficaz para que o gestor consiga identificar o progresso de todas as rotinas distribuídas a times durante projetos ou nas atividades diárias. Assim, a companhia consegue evitar atrasos na entrega de qualquer produto.

Aumento da mobilidade 

Empresas que prestam serviços podem ter um grande ganho de performance com a tecnologia. Sendo capazes de atuar de com alta performance em diferentes ambientes, a companhia pode prestar serviços de maior qualidade e atender a um número maior de consumidores.

A computação na nuvem é crucial nesse cenário. Com o auxílio de soluções na nuvem, o empreendimento consegue maximizar a sua capacidade de atuação sem comprometer a segurança de seus profissionais e a sua privacidade.

Serviços de cloud storage, por exemplo, permitem que o negócio acesse, compartilhe ou modifique informações a qualquer momento. Isso não só contribuirá para o ganho de mobilidade, mas também facilitará a integração de times, uma vez que o envio de arquivos será feito com maior agilidade e segurança.

Soluções corporativas executadas na nuvem facilitam a prestação de serviços em diferentes ambientes. Podendo acessar informações diretamente no local em que um cliente encontra-se, por exemplo, o prestador de serviços pode executar um trabalho de alta qualidade para os seus consumidores.

Ao mesmo tempo, as soluções de cloud computing flexibilizam as rotinas de trabalho interna, reduzindo custos operacionais e tornando o dia a dia da empresa mais ágil.

Políticas como as de home office e trabalho a longa distância não representarão um risco para a empresa: basta que o funcionário esteja conectado à internet para executar as suas atividades diárias com a mesma performance de uma pessoa dentro do seu local de trabalho tradicional. 

Seja pela rapidez de atendimento aos clientes ou pela otimização de processos internos, qualquer empresa pode encontrar na tecnologia uma aliada para aumentar as vendas — independentemente de seu tamanho ou de sua área de atuação. Ferramentas de TI permitem que o negócio tenha um dia a dia mais flexível e fique pronto para enfrentar os desafios diários do mercado.

O tempo de resposta a mudanças cai e, com isso, o empreendimento torna-se mais competitivo. Além disso, a sua atuação será estratégica: baseada em uma análise de dados precisa, que utiliza informações de diferentes ambientes, a companhia pode criar estratégias que adaptam-se às necessidades do seu público alvo.

E para conseguir aproveitar todos esses benefícios, basta superar possíveis resistências à inovação e identificar como cada ferramenta pode auxiliar no fluxo de trabalho. Por meio de um processo de análise das metas de médio e longo prazo da companhia, gestores podem identificar quais tendências de TI são melhor adequadas ao seu ambiente corporativo. Com isso, todos os investimentos terão um alto retorno.

Agora nos conte: quais recursos vêm sendo usados por sua empresa? A tecnologia tem sido bem aceita por seus vendedores? Compartilhe suas experiências sobre o uso da tecnologia para aumentar as vendas nos comentários e participe da conversa!

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.

Deixar comentário.

Share This
Navegação