Gestão de Negócios

Aprenda 6 dicas de como ser um gestor mais estratégico

Escrito por SONDA

Para se tornar um gestor cada vez mais mais estratégico, é preciso uma boa dose de foco e certa medida de desapego. Afinal, identificar com clareza o que deve (ou não) ser acompanhado de perto no cotidiano de uma companhia é, sem dúvida, uma das principais qualidades de um gestor eficaz. E com tantos desafios para enfrentar no dia a dia empresarial, o gestor também deve desenvolver competências para tomar decisões com agilidade, otimizar processos, solucionar conflitos e favorecer inovações. Com isso, o cenário ideal está começando a se formar.

O detalhe é que, quando está mergulhado em tarefas e compromissos da empresa, o gestor nem sempre encontra tempo para refletir sobre a própria prática profissional. Assim, inevitavelmente deixa escapar ótimas chances de melhoria na administração do negócio. Pronto para agarrar todas as oportunidades a partir de agora? Então confira as dicas que preparamos para se tornar um gestor mais estratégico e aperfeiçoar os resultados da sua companhia!

Pense de forma analítica e sintética

Seja qual for o setor econômico, do consumo e varejo à indústria de base, o gestor deve aprender a ter senso de adequação na maior parte das atitudes que toma. Assim, diante das mais variadas situações que vierem a ocorrer no negócio, o gestor mais estratégico deve saber que não existe uma fórmula mágica para aplicar a todos os casos.

Já ouviu dizer que problemas complexos demandam respostas simples? Pois, apesar de clichê, a afirmação costuma ser verdadeira. Na prática, porém, para se chegar a essas soluções, normalmente é preciso percorrer um longo caminho. Assim, desde que de acordo com o tipo de situação enfrentada, o gestor deve aprender a pensar de maneira analítica e sintética.

Em alguns casos, é necessário destrinchar um fato para encontrar relações de causa e efeito. Já em outros, devido às particularidades do contexto, o gestor deve saber reunir informações e apresentar um ponto de vista ao mesmo tempo resumido e convincente. Perceba que cada situação demanda uma postura diferente, cabendo ao gestor identificar quando agir de um jeito ou de outro.

Quando se usa a análise da causa raiz de um problema, por exemplo, é necessário dividir o todo em partes para se chegar a uma resposta final. Já quando se faz uma apresentação para investidores, talvez seja mais adequado transmitir as informações de forma sintética, indo direto ao ponto e sem rodeios.

Amplie ao máximo seu repertório de conhecimento

Na área de Linguística, estuda-se o signo como resultado da relação entre o significante e o significado. Quando você ouve a palavra caneta (significante), logo vem à mente um conceito ou uma representação desse objeto (significado), certo? Note que essa relação é um tanto subjetiva, afinal, pessoas diferentes podem imaginar canetas distintas, sempre com base na experiência de vida de cada uma.

Ainda assim, por mais que possa haver certa variação de entendimento entre indivíduos, existe um limite de interpretação, baseado no que a sociedade convencionou chamar de caneta. Dessa forma, em tese, um lápis não poderia ser chamado de caneta. Mas em tese por quê?

Como mencionamos antes, a relação entre significante e significado só pode ser feita se a pessoa entende essa interação. Logo, alguém que nunca ouviu falar na palavra caneta, não conseguirá fazer a relação entre a palavra e o objeto. Um índio ou um aborígene, por exemplo, sem contato com nossa civilização, provavelmente não entenderia. Mas o que isso tem a ver com ser um gestor mais estratégico?

Na verdade, tem muito a ver! O gestor é visto como um profissional de vanguarda, que precisa se antecipar às tendências e às mudanças de mercado. Nesse sentido, para ter insights capazes de alavancar o negócio, esse profissional precisa ter um repertório de conhecimento o mais vasto possível.

O exemplo da caneta foi simplório, mas serve bem para ilustrar a necessidade que o gestor possui de relacionar ideias para fazer descobertas, promover inovações e aperfeiçoar processos. Se esse profissional tem um repertório de conhecimento limitado, não consegue raciocinar além do seu próprio background. Por outro lado, quando amplia o leque de informações, o cérebro passa a buscar na memória matéria-prima para gerar insights extremamente vantajosos à empresa.

Desenvolva visão de futuro

A visão do gestor mais estratégico não pode ficar restrita aos objetivos da empresa no médio prazo. Muito pelo contrário, esse profissional deve nutrir uma visão de futuro do negócio, pensando em todos os prazos possíveis. Por muitas vezes assumir o papel de líder, o gestor deve vislumbrar os passos que a companhia precisa dar nos próximos anos ou mesmo nas próximas décadas. Então anote aí: nada de visão estreita!

A própria história do mundo traz vários casos de empresas que ficaram para trás porque se limitaram a focar em produtos e não em negócios. Consegue se lembrar daquelas marcas que se dedicavam a fabricar disquetes, fitas VHS e filmes fotográficos? Em alguns setores, o gestor pode até pensar no fim do negócio como funciona hoje. Por exemplo: se atualmente o petróleo ainda é fonte energética usual, é bem provável que, no futuro, seja deixado de lado em função do crescimento de fontes renováveis e menos poluentes.

Tome decisões com base em dados confiáveis

No contexto atual, marcado pela globalização e pelo constante avanço tecnológico, as mudanças nos mercados e nas sociedades ocorrem mais e mais rápido. A divulgação de um dado econômico nos Estados Unidos, por exemplo, afeta em questão de minutos a bolsa de valores brasileira.

De toda forma, seja qual for a conjuntura mundial, o gestor não fica dispensado de tomar decisões. Por isso, precisa se cercar de informações confiáveis, a fim de evitar erros estratégicos. Nesse sentido, contar com o auxílio de indicadores de gestão para embasar os próprios atos pode ser extremamente útil. Sabia que, hoje em dia, existem softwares específicos que podem contribuir de maneira significativa para a tomada de decisão em praticamente todos os segmentos de mercado?

Analise o cenário e gerencie riscos

Sem dúvida, guiar uma organização de grande porte envolve ampla responsabilidade. Afinal, por mais que existam conselhos administrativos, é o gestor quem desempenha o papel de liderar as conquistas da empresa. Além disso, ele ainda precisa zelar pela governança corporativa, defendendo o patrimônio dos acionistas e cuidando da imagem institucional do negócio.

Diante de contextos marcados por incertezas, o gestor mais estratégico precisa trabalhar com a análise de cenário para identificar os pontos fortes e os fracos da própria companhia, bem como as oportunidades e as ameaças do mercado em que atua. Ao conhecer diferentes possibilidades, esse profissional se capacita a gerenciar os riscos do negócio e, assim, não ser pego de surpresa por emergências.

Saiba delegar tarefas e foque na gestão

Mesmo que tenha um perfil prático, o gestor precisa se dedicar mais ao planejamento estratégico em vez de focar no tático e no operacional. Comparando esse profissional ao comandante de um navio, podemos dizer que é ele o responsável por fazer com que a embarcação chegue ao destino pretendido. O gestor mais estratégico deve, assim, pensar em diretrizes para a empresa, capacitando-a para a conquista de seus propósitos.

Depois de tudo isso,  que tal ver o nosso eBook gestão de custo com principais passos para você garantir o controle estratégicos e financeiro da sua empresa!

Compartilhe suas experiências e enriqueça nosso post!

 Sonda fale com um consultor

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.

Deixar comentário.

Share This
Navegação