Gestão de Negócios Tecnologia da Informação

Saiba como aumentar a produtividade no setor de TI em 7 passos

Escrito por SONDA

Entre inúmeras outras consequências, a integração das ferramentas de TI no ambiente corporativo acaba pressionando os profissionais do setor a serem capazes de lidar com um grande número de demandas em suas rotinas de trabalho. Hoje em dia, quem atua com suporte ao usuário, manutenção de equipamentos e gestão de políticas de segurança digital deve conseguir operar com flexibilidade e agilidade mesmo em momentos de crise.

Especialmente para o gestor de TI, esse novo cenário representa um desafio e tanto. Afinal, o investimento em abordagens operacionais com o objetivo de aumentar a produtividade dos profissionais da área é um fator estratégico, crucial para o sucesso das políticas do setor. Quer saber quais são as abordagens mais comuns? Então confira a lista que preparamos!

1. Terceirize as atividades não estratégicas

O outsourcing em TI se destaca como uma das principais estratégias adotadas por gestores para otimizar a administração das atividades do setor, reduzindo prazos e simplificando os processos de gestão. Com esse tipo de serviço, as atividades não estratégicas do setor de TI são direcionadas para profissionais terceirizados, permitindo que gestor e colaboradores foquem no que realmente interessa.

O investimento no outsourcing em TI traz uma série de benefícios para a empresa. Para começo de conversa, podemos destacar que os custos operacionais para manter um time de técnicos e analistas de suporte é drasticamente reduzido. Como consequência, o negócio terá mais recursos à disposição para investir em processos e tecnologias estratégicas.

Vale destacar também que o outsourcing em TI amplia o leque de serviços que podem ser executados pelo setor. Assim, o gestor consegue manter um time de profissionais de acordo com a necessidade da empresa, reduzindo o tempo necessário para reagir a problemas, além de otimizar continuamente as atividades da área.

2. Crie um time de TI multidisciplinar

No ambiente corporativo moderno, o setor de TI lida com diferentes demandas. Graças a isso, os desafios enfrentados são os mais variados, desde ameaças de segurança digital e necessidade de manter equipamentos com alta performance a soluções de internet continuamente disponíveis.

Para alcançar as metas traçadas e se manter dentro dos indicadores de desempenho, o setor de TI investe em diferentes abordagens. A criação de políticas de controle de acesso a recursos digitais, por exemplo, torna os sistemas mais seguros e confiáveis. Já a manutenção preventiva evita falhas e reduz os custos operacionais relacionados à manutenção da infraestrutura de TI.

Para conseguir gerenciar adequadamente todas as rotinas da área, é fundamental que o setor de TI conte com uma equipe eficiente. Nesse sentido, a melhor abordagem a ser tomada é a contratação de um time multidisciplinar. Avalie quais são os maiores desafios do departamento, para, a partir daí, direcionar a contratação de técnicos buscando aqueles que possuam habilidades relacionadas às necessidades reais do setor.

3. Promova treinamentos constantes

Não tem como fugir: a tecnologia muda em altíssima velocidade. Diante disso, o setor de TI precisa adotar estratégias para manter os times de profissionais atuantes na área com seus conhecimentos devidamente atualizados. Que tal promover treinamentos e cursos regulares para que todos os técnicos, desenvolvedores e analistas conheçam as novas tendências da área?

É preciso ressaltar que cursos e treinamentos também precisam ser realizados quando a companhia modifica suas políticas internas ou suas rotinas operacionais. Esse cuidado reduz o tempo necessário para a integração das novas formas de trabalho ao ambiente corporativo e, ao mesmo tempo, facilita o alinhamento de conhecimentos.

4. Defina métricas e indicadores de desempenho

Além de manter os profissionais com conhecimentos atualizados, uma ótima forma de garantir que toda a equipe terá um índice de produtividade elevado é criando métricas e indicadores de desempenho. Por meio deles, o gestor consegue avaliar simultaneamente o trabalho de todos, rastreando eventuais pontos de gargalo e também processos que precisam ser incentivados.

A definição de cada indicador deve ser feita com base na estrutura dos times. Para isso, o gestor precisa avaliar a capacidade da equipe e, assim, criar uma ou mais métricas que não estejam nem muito acima nem muito abaixo da sua capacidade. Dessa forma, será possível identificar que pontos necessitam de novas rotinas para aumentar a produtividade do profissional de TI sem comprometer a qualidade do seu trabalho.

5. Disponibilize as ferramentas certas

Profissionais de TI dependem de boas ferramentas de trabalho para executar suas atividades com alta precisão e qualidade. Sabendo disso, invista em soluções de TI que estejam alinhadas com as necessidades do setor. Assim, todas as atividades da área terão uma boa performance, dos processos de suporte ao usuário às rotinas de manutenção de equipamentos.

Se por acaso surgir a necessidade de mais mobilidade, por exemplo, adote soluções de computação na nuvem. Por outro lado, se o setor estiver investindo em políticas de monitoramento, trate de implementar rapidamente as ferramentas certas para facilitar essa atividade!

6. Acompanhe o trabalho de toda a equipe

Como você certamente já sabe, o setor de TI é uma área bastante complexa. Exatamente por isso, o gestor deve se manter constantemente atento ao trabalho de todos os profissionais, evitando que erros aconteçam.

Com esse intuito, uma boa pedida é investir em soluções de TI que facilitem o acompanhamento e a distribuição de tarefas. Dessa forma, o gestor consegue garantir que as políticas de trabalho serão realmente capazes de aumentar a produtividade interna, evitando o não cumprimento de prazos a médio e longo prazos.

7. Invista em feedbacks regulares

Como citado anteriormente, a adoção de métricas de desempenho facilita o acompanhamento da qualidade dos serviços prestados, dando ao gestor a capacidade de identificar pontos que necessitam de melhoria. Nesse sentido, além de modificar as rotinas internas e otimizar as ferramentas usadas, uma outra maneira de aumentar a produtividade interna é dando feedbacks regularmente.

Sempre que encontrar problemas no trabalho de um profissional, indique o que deve ser melhorado e qual é a melhor forma de atingir o objetivo traçado. Assim, você evita a manutenção de um fluxo de trabalho ineficaz e que simplesmente não atende às regras internas.

Pode acreditar: nunca foi tão importante manter políticas e estratégias que facilitem o aumento da produtividade do setor de TI. Melhor então ficar de olho em mais dicas como as do post de hoje, certo? Siga nossos perfis no LinkedIn, no Google+ e no Twitter para acompanhar as novidades!

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.

Deixar comentário.

Share This
Navegação