Gestão de Negócios

Contabilidade gerencial: o que é e por que adotar?

Escrito por SONDA

O segmento de contabilidade possui diversas vertentes que permitem ao profissional se especializar nessa ou naquela área para seguir carreira. Uma dessas vertentes é a contabilidade gerencial, essencial para o sucesso de qualquer organização. A atuação estratégica da contabilidade gerencial traz diversos benefícios para o negócio, ajudando na otimização de resultados e contribuindo para a sustentabilidade corporativa.

Se você tem dúvidas a respeito do que é contabilidade gerencial e por que tê-la na sua empresa, chegou ao post certo. Pronto para descobrir de uma vez por todas do que se trata?

Posição estratégica da contabilidade gerencial

Basicamente, a contabilidade gerencial pode ser definida como um conjunto de estratégias, ações e processos voltados ao controle contábil da empresa. Sua função principal é otimizar recursos mediante a aplicação de conhecimentos técnicos e legais da área contábil, contribuindo para que a organização tenha uma rentabilidade maior.

Com os dados levantados pela contabilidade, o negócio é capaz de analisar seu próprio desempenho financeiro com mais precisão e, assim, tomar decisões realmente seguras.

O responsável pela contabilidade gerencial tem a missão de realizar análises internas que permitam precificar adequadamente produtos e serviços, estimar orçamentos com exatidão e melhorar a gestão de custos. Também é esse profissional quem avalia a margem de contribuição de cada solução oferecida pela empresa, calcula seu ponto de equilíbrio e possui uma visão ampla sobre as obrigações fiscais e tributárias do modelo de negócio.

Aplicação da contabilidade gerencial na empresa

Toda empresa precisa de um contador, profissional ideal para avaliar todos os aspectos contábeis do negócio. Seja contratado ou terceirizado, esse profissional faz, pelo menos a priori, a contabilidade gerencial da empresa. Só quando o negócio tem necessidades específicas (como auditoria, controladoria ou planejamento tributário) é que recorre a profissionais com essas especializações.

Contar com uma equipe qualificada é a primeira medida a ser tomada para manter a contabilidade da empresa em dia. Mas lembre-se: o trabalho manual, burocrático e repetitivo gera despesas supérfluas. Portanto, nada de deixar seu time contábil trabalhando com papel e calculadora! Assim, a aquisição de tecnologias que permitam otimizar os processos contábeis e sua respectiva gestão é essencial para garantir a competitividade do negócio.

Imagine uma empresa que emite diariamente 100 notas fiscais com lançamentos manuais: isso exigiria um time grande, certo? Enquanto isso, um sistema automatizado pode dar conta dessa tarefa em questão de minutos!

Além de otimizar processos, a tecnologia também tem um papel importante na padronização de dados e análise de indicadores. Sendo assim, considere informatizar seu setor contábil e contribuir para uma contabilidade gerencial mais eficaz!

Motivos para investir na contabilidade gerencial

Como o próprio nome já sugere, a contabilidade gerencial facilita a gestão da empresa, fornecendo subsídios para tornar as decisões mais ágeis e eficazes. Sem uma contabilidade saudável, podem surgir prejuízos financeiros e até multas por falta de organização e prestação de contas aos órgãos devidos.

Mas existem outros motivos pelos quais você não deve abrir mão de um setor contábil completo e focado em resultados. Veja!

Diminuição de custos

Como dissemos, um dos objetivos da contabilidade gerencial é reduzir custos e manter a empresa rentável. Nesse sentido, cabe ao setor analisar o modelo de negócio, o regime tributário, o nível de endividamento e tantos outros fatores para tomar decisões que elevem a rentabilidade.

Redução de impostos

Cabe à contabilidade gerencial avaliar e implementar melhores práticas de gestão de forma a reduzir a quantidade de impostos pagos pela empresa. No caso de negócios que comercializam mercadorias, por exemplo, é possível recuperar créditos de ICMS, desde que você tenha o suporte necessário para saber quando e como solicitar o benefício.

Da mesma forma, empresas de transporte podem se beneficiar de recuperação de crédito de ICMS em combustíveis. Isso sem contar que a simples mudança de data de emissão de uma nota fiscal ou de recolhimento de um tributo já pode fazer diferença nos resultados operacionais.

Aumento da lucratividade

Enquanto a empresa reduz custos e impostos, tem a oportunidade de elevar a lucratividade do negócio e, assim, fazer novos investimentos, melhorando seu posicionamento de mercado e market share.

Negócios lucrativos têm maior destaque, chamam a atenção de investidores e possuem crédito aprovado no mercado, benefícios acessíveis especialmente às empresas que dispõem de uma contabilidade gerencial bem organizada.

Precificação de produtos e serviços

Um dos grandes desafios enfrentados pelas empresas é determinar os preços de seus produtos e serviços, chegando a um valor que cubra custos e despesas, gere lucro para a organização e não assuste os consumidores.

Pois é possível chegar a valores bastante precisos com a contabilidade gerencial. Isso porque a análise sobre fatores de produção, folha de pagamento e custos adicionais são levados em consideração pelo contador ao orientar os diversos setores da empresa, especialmente o comercial.

Decisões mais precisas

A contabilidade gerencial orienta toda a organização, analisando resultados globais e segmentados. O olhar para a contabilidade interna permite não só encontrar falhas gerenciais, mas eliminá-las, garantindo assim uma maior eficiência operacional.

Munidos de dados precisos, os setores podem tomar suas decisões com segurança, assim como a diretoria da empresa é capaz de delinear os rumos do negócio com precisão. Os riscos contábeis, que não são poucos, são eliminados à medida que a empresa conhece sua própria operação, sabe onde deve melhorar a gestão contábil e toma providências para tal.

Upgrade na competitividade

Para finalizar nossa lista de benefícios que a contabilidade gerencial traz, não podemos deixar de dizer que uma empresa que se preocupa com os aspectos contábeis e os gerencia da melhor maneira possível se torna mais competitiva.

Equipes mais produtivas, processos ágeis e sem brechas, além de análises minuciosas sobre o desempenho da organização permitem que o negócio avance no mercado com a certeza de que a competitividade está a seu lado.

Vale ressaltar que, para conquistar esse posicionamento vantajoso, sua empresa deve aliar os conhecimentos técnicos e práticos da equipe a tecnologias que facilitem a gestão contábil — como um sistema de gestão preparado para atender a suas necessidades.

Conhece mais gente precisando saber o que é contabilidade gerencial e por que adotá-la? Então compartilhe este post em suas redes sociais!

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.