Gestão de Negócios

Escalabilidade: entenda a importância dela para sua empresa

Escrito por SONDA

O que o Facebook, a Netflix e a Microsoft têm em comum? Escalabilidade. Esse conceito, tão valorizado pelas startups, permite que qualquer empresa adentre o mercado com uma vantagem enorme: a de atingir centenas, milhares ou até milhões de pessoas ao mesmo, obtendo um faturamento extraordinário sem alavancar os custos do empreendimento na mesma proporção.

É exatamente isso que essas empresas fazem, não concorda? Vendem produtos e serviços que podem ser consumidos por milhares de pessoas ao mesmo tempo, independentemente de onde esses consumidores se encontram. Mas qual é o segredo do sucesso? Do que se trata essa tal de escalabilidade e por que ela é tão importante para seu empreendimento? Acompanhe nosso post de hoje e descubra!

O que caracteriza e como funciona a escalabilidade?

A escalabilidade pode ser traduzida como a capacidade que uma empresa tem de oferecer a mesma solução para uma quantidade gigantesca de consumidores sem perder as características do produto ou serviço vendido. Ao mesmo tempo, o negócio praticamente não mexe em seus custos de operação.

Para ficar mais fácil, pense na Netflix. Trata-se de uma plataforma que disponibiliza centenas de vídeos para quem quiser assisti-los, desde que uma determinada taxa mensal seja paga. Os vídeos sempre estão lá, gerando o mesmo custo de manutenção da plataforma. O que varia é a quantidade de usuários que a acessam. Se os custos são praticamente fixos, quanto mais usuários cadastrados, pagando a taxa mensal, maior é o lucro da empresa.

A Microsoft passou muito tempo oferecendo o Office como um produto de custo altíssimo. Percebendo a falha, migrou para uma solução escalável e mais barata, na nuvem. Agora, quem quer instalar o Office pode pagar mensalmente pela solução e ainda ter os serviços disponíveis não só no computador como também no smartphone e no tablet.

Sobre o Facebook quase nem precisamos falar, não é mesmo? É uma única plataforma, com bilhões de usuários transitando por ela diariamente. Nesse caso, a grande diferença é que a receita da rede social vem da publicidade e não diretamente de seus usuários.

Resumindo: um negócio escalável é aquele que consegue replicar seu produto ou serviço várias e várias vezes, elevando seu faturamento sem gerar custos adicionais para a operação. Garante, assim, a qualidade e a satisfação do cliente. Consegue entender agora por que empresas ligadas à Tecnologia da Informação acabam tendo mais possibilidades de se tornar escaláveis? Afinal, a internet oferece a capacidade de distribuir suas soluções globalmente!

Como saber se é possível escalar seus negócios?

É fato que nem todo empreendimento tem a possibilidade de se tornar escalável. Uma indústria, por exemplo, pode melhorar significativamente sua capacidade de produção, mas sempre haverá um custo adicionado em virtude da aquisição de equipamentos e da contratação de pessoas, dentre outras variáveis. Da mesma forma, uma empresa de consultoria de negócios teria dificuldades para se tornar escalável, já que depende do conhecimento dos consultores e de sua capacidade de atendimento aos clientes para gerar vendas e oferecer valor aos clientes.

Dentro dessa perspectiva, para tornar um empreendimento escalável, é fundamental avaliar a capacidade de automação de processos, a fim de assegurar mais agilidade e eficiência à empresa. A partir da automação, você padroniza as atividades a serem desempenhadas, garantindo a qualidade do produto ou serviço final — uma das principais características dos negócios escaláveis.

Posteriormente, você deve avaliar se é possível replicar o mesmo produto ou serviço várias e várias vezes sem impactar nos seus custos — ou pelo menos impactar pouco. Um software ERP que funcione no modelo SaaS (Software as a Service), por exemplo, pode ser ofertado para milhares de empresas ao mesmo tempo, com a plataforma e os recursos sendo desenvolvidos uma única vez. Nesse caso, tudo o que você precisa fazer é ter servidores robustos, que comportem a quantidade de informações inserida pelos clientes. Uma gráfica, por outro lado, pode produzir em larga escala, mas seus custos sobem proporcionalmente à demanda.

O segredo está em buscar soluções que melhorem sua capacidade de atendimento às demandas do mercado. Além dos softwares de gestão, que são essenciais para tornar um empreendimento escalável, que tal treinar sua equipe para que ela ganhe agilidade? Sistemas de atendimento on-line, otimização do SAC, recepção da empresa e tickets para a área de TI são fundamentais para dar velocidade à operação.

Identifique os gargalos da sua operação para acabar com as barreiras que impedem que sua empresa se torne mais eficiente. Um bom mapeamento dos processos, com sessões de brainstorming para identificar soluções e alternativas costuma contribuir bastante para enxugar sua estrutura e dar maior velocidade ao trabalho.

Não se esqueça de que a melhoria tanto da sua operação como da capacitação de seus funcionários deve ser constante. Afinal, até pode ser que hoje seja inviável tornar seu negócio escalável, mas nada é impossível com os avanços da tecnologia e um gestor atento.

Quais as vantagens de ter uma empresa escalável?

A primeira motivação que você deve ter envolve trabalhar em uma área de que gosta, independentemente da capacidade de escalabilidade do negócio. No entanto, se for possível escalar, por que não? Existem diversas vantagens em se tornar uma empresa com soluções escaláveis. Basta se inspirar no sucesso dos nossos 3 exemplos: Netflix, Microsoft e Facebook. Para que não haja nenhuma dúvida, porém, confira agora as principais vantagens desse modelo de negócios!

Alcance amplo

Uma solução escalável não tem fronteiras. Pode, por isso, ser ofertada para qualquer quantidade de pessoas, o que amplia a capacidade de expansão da empresa.

Apoio

Investidores estão sempre de olho em empresas cujo modelo de negócio seja escalável, porque o retorno financeiro nesse caso é sempre maior. E é claro que isso constitui uma vantagem na hora de captar recursos.

Empresa enxuta

Empresas que se dedicam a desenvolver soluções escaláveis sempre têm um time altamente capacitado e enxuto, o que melhora a coesão e o alinhamento estratégico.

Faturamento

O faturamento das empresas escaláveis tende sempre a aumentar conforme a expansão de mercado, já que o modelo é replicável e impacta pouco nos custos de produção.

Viu como não é difícil entender por que a escalabilidade é o sonho de todo profissional que quer ver suas soluções espalhadas pelo mundo inteiro? Para isso, porém, é essencial desenvolver uma visão sistêmica da empresa, do seu funcionamento integral. Que tal se aprofundar também nesse outro conceito?

Print

 

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.