Tecnologia da Informação

[INFOGRÁFICO] Tipos de nuvem: entenda as principais diferenças!

Escrito por RockContent

Migrar para a nuvem já deixou de ser uma dúvida para se tornar uma tendência consolidada. Cada vez mais empresas adotam esse modelo de infraestrutura de TI com o objetivo de reduzir custos, aumentar a escalabilidade dos seus serviços e a mobilidade das suas aplicações. Mas antes de embarcar nessa tarefa, é preciso conhecer os tipos de nuvem e qual a opção ideal para sua empresa.

Pensando nisso, elaboramos um breve comparativo entre as 3 principais formas de aderir ao cloud computing. Confira.

Nuvem pública

Na nuvem pública, os dados e serviços de uma empresa são alocados em data centers externos, gerenciados pelas companhias que oferecem esses serviços. Suas vantagens são:

  • custo de infraestrutura relativamente menor e baseado no consumo de recursos;
  • ampla oferta de serviços como infraestrutura, plataforma ou software;
  • alta escalabilidade que acompanha as demandas da empresa.

Nuvem privada

O termo nuvem privada é utilizado para descrever as infraestruturas de nuvem que são mantidas internamente por uma única empresa para o seu uso próprio. Suas vantagens são:

  • controle total da infraestrutura pela empresa;
  • personalização completa da solução de acordo com as necessidades do negócio;
  • provém alta performance com relação à conectividade (latência).

Nuvem híbrida

Como fica claro pelo nome, a nuvem híbrida é a combinação da nuvem pública e privada em uma única infraestrutura. Suas vantagens são:

  • possibilidade de combinar elementos das duas nuvens em soluções únicas;
  • utilização de cada recurso no ambiente que ele possuir melhor aderência e performance;
  • recursos de segurança integrados para proteger dados sigilosos.

Gostou de aprender mais sobre os tipos de nuvem? Então compartilhe este conteúdo com seus amigos e parceiros nas redes sociais!

Sobre o autor

RockContent