Tecnologia da Informação

Entenda quais são os riscos de instalar um software pirata

Escrito por SONDA

Softwares piratas são bastante populares, fáceis de serem encontrados e baratos. Mas eles também são perigosos, sabia? Por mais econômico que possa ser, adquirir uma cópia não original de um programa de computador é uma forma certeira de colocar toda a infraestrutura tecnológica da empresa em grandes riscos. A seguir, vamos mostrar exatamente quais são esses riscos e explicar por que o barato, nesses casos, acaba saindo muito caro. Confira!

Crime

Todo software tem seus direitos autorais protegidos por lei. Assim como escritores recebem por cada um de seus livros vendidos e compositores ganham pelos discos comercializados, os desenvolvedores de um programa de computador também obtêm grande parte da sua renda graças aos direitos intelectuais e autorais oriundos dos seus produtos.

A lei 9.609, de 1998, determina que os softwares devem ser comercializados por meio de contratos de licença firmados com cada usuário. Assim, quem vende ou compra uma cópia não licenciada pode ser intimado a pagar o valor total do produto original para seus legítimos proprietários. Isso sem contar que ainda terá que lidar com processos na justiça que podem levar, inclusive, à prisão.

Também é importante lembrar que, em uma transação ilegal, os impostos devidos não são recolhidos. E isso, por si só, já é um grave crime financeiro e fiscal que pode colocar sua empresa em uma posição jurídica bastante insegura.

Desempenho

O mercado de tecnologia conta com uma série de protocolos de segurança que têm como objetivo justamente evitar a pirataria. Para tentar driblar essas barreiras, quem falsifica um produto altera partes essenciais do seu código-fonte, a fim de fazer com que o programa não seja detectado em processos de autenticação.

O problema é que essas alterações sempre modificam o funcionamento do programa, causando lentidão, baixo desempenho ou o aparecimento constante de erros. Também é comum que softwares piratas simplesmente não apresentem todos os recursos disponíveis nos originais, principalmente porque o programador decidiu diminuir o tamanho do arquivo de instalação e, assim, tentar facilitar sua distribuição.

No final das contas, sua empresa precisará lidar com um software que diminui a agilidade dos trabalhos, traz resultados pouco sólidos e ainda pode sofrer com quedas repentinas ou apresentar erros que minarão a produtividade dos usuários.

Invasão

Fazer um software pirata funcionar exige um certo esforço. Uma das ações demandadas é a geração de senhas falsas para viabilizar a autenticação do produto. Esse processo é realizado por programas conhecidos como crackers, que, basicamente, conseguem acessar informações essenciais do computador para conseguir convencê-lo de que o software sendo instalado é original.

Deixar que um programa não legalizado tenha acesso a todas as informações da sua máquina não parece ser uma boa ideia, certo? Afinal, esse privilégio pode ser usado contra você, instalando programas maliciosos que roubam, danificam ou alteram informações — incluindo aí aquelas consideradas sensíveis ou sigilosas.

Um outro problema de segurança relacionado ao uso de softwares piratas está no momento do seu download. Em geral, esses programas são baixados em sites obscuros, repletos de páginas e anúncios que simulam ser reais, mas, na verdade, são armadilhas para roubar dados. Esse tipo de procedimento, conhecido como pishing, é bastante comum em sites de hospedagem ilegal, em que anúncios invasivos e bugs levam o usuário a baixar programas nocivos ao computador mesmo contra sua vontade.

Suporte

O suporte técnico é um diferencial decisivo na opção pela compra de um software original. Saber que você vai poder contar com uma assistência técnica competente, disposta a esclarecer suas dúvidas e resolver problemas com o produto é uma garantia de que seu investimento não vai se perder nem na primeira nem na última dificuldade de uso.

Esse tipo de apoio é ainda mais importante quando se trata de um programa mais complexo e que exige precisão para não prejudicar um negócio. Alguns softwares de Enterprise Resource Planning (ERP), por exemplo, ajudam com cálculos fiscais e contábeis de alta complexidade que exigem pleno controle dos usuários. O suporte técnico pode até ajudar com o treinamento para o uso adequado desse tipo de programa na sua empresa!

Atualização

Hoje em dia, nenhum programa de computador é estático. Os softwares recebem aprimoramentos e melhorias praticamente todos os dias. E isso se dá tanto para que continuem seguros como para que recebam novos recursos, adaptando-se a novos requisitos e permanecendo produtivos. Pois a manutenção do alto nível de atualização exige um corpo técnico qualificado que só as desenvolvedoras de programas têm.

Ao comprar um software pirata, portanto, você terá em mãos uma solução que vai permanecer igual para sempre, apresentando sempre os mesmos erros, não entendendo as novas tecnologias que surgem e, ainda, mostrando-se incapaz de corrigir as próprias falhas de segurança ou desempenho. Em resumo: você compra um produto que já nasce obsoleto e defeituoso, garantindo dores de cabeça mais cedo ou mais tarde.

Privacidade

É impossível falar em segurança da informação sem que falar em privacidade. Garantir que os dados da sua empresa só sejam acessíveis para pessoas realmente autorizadas, após processos confiáveis de verificação, é um esforço corporativo constante que exige recursos e políticas sólidas de sigilo.

Com softwares originais, o negócio consegue definir quais informações os programas estão autorizados a captar, transmitir e analisar, bem como quais dados devem se manter inviolados. Assim, o programador receberá apenas a quantidade de informação essencial para que consiga desenvolver soluções mais precisas, que resolvam as demandas dos usuários.

Softwares piratas, entretanto, podem coletar dados de forma indiscriminada. Aliás, ainda pior: você pode nunca chegar a saber ao certo para onde esses dados foram enviados e com qual frequência. Esse tipo de falha na segurança é extremamente grave e pode trazer pesados prejuízos financeiros caso não seja corrigido.

Como você pôde ver, evitar a compra de software pirata e usar sempre um programa original é a melhor atitude para quem deseja manter o desempenho e a segurança. E isso vale tanto para os dispositivos pessoais como para os corporativos!

Agora que já está alerta a esse respeito, trate de alertar também seus amigos! Compartilhe este post em suas redes sociais!

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.