Tecnologia da Informação

Confira 9 tendências da área de tecnologia na gestão hospitalar

Escrito por SONDA

Não existe área em que a tecnologia aplicada faça mais bem para a humanidade que dentro dos hospitais. Seja no atendimento, na pesquisa ou no acompanhamento, novas soluções sempre trazem bem-estar, comodidade e evolução para a medicina.

Pensando nisso, o que será que vem pela frente? Quais serão as próximas tendências de tecnologia na gestão hospitalar que vão revolucionar a saúde? Confira a lista que preparamos com 9 mudanças que estão por vir para se manter atualizado!

1. Prontuário eletrônico

Começamos pela tendência que está há mais tempo sendo implementada na área exatamente para mostrar que a introdução de tecnologia facilita e otimiza a gestão hospitalar até mesmo nos detalhes.

O que se espera para os atendimentos médicos do futuro é que não haja mais espaço para papéis, arquivos e listas físicas. Nesse cenário, o médico insere todos os dados e as devidas observações sobre o paciente em um prontuário eletrônico, podendo acessar tais informações apenas com alguns cliques ou mesmo toques no celular.

Além de agilizar o trabalho dos médicos e enfermeiros, esse método ainda evita equívocos básicos ainda existentes nos dias de hoje, como a troca de prontuários por pura falta de atenção ou a perda de informações por rasuras ou danos aos registros no papel.

2. Histórico clínico universal

Contudo, se a tendência do prontuário eletrônico já é bastante conhecida, as consequências positivas dessa tecnologia ainda estão para ser muito mais aproveitadas por hospitais e outras instituições ligadas à saúde.

No futuro, serviços integrados na nuvem serão capazes de agrupar todas as informações geradas por prontuários em hospitais e médicos diferentes em um histórico clínico universal, que poderá ser acessado tanto pelo próprio paciente como pelos profissionais responsáveis por seus cuidados.

Além de atendimentos e tratamentos, esse histórico também poderá carregar receitas, históricos de exames e condições preexistentes para formar um perfil de saúde de cada pessoa, tornando muito mais fácil a identificação de doenças e a definição de tratamentos mais apropriados.

3. Agendamento on-line

Outra tendência que já está tomando corpo na maioria dos hospitais do país é a possibilidade dada aos pacientes de fazer seus agendamentos on-line, por meio de portais ou aplicativos para celulares.

A mudança para esse tipo de tecnologia tem sido rápida entre empresas que trabalham com atendimentos médicos, uma vez que representa a transformação da gestão hospitalar. Afinal, com essa novidade, automatiza-se todo o gerenciamento de horários e turnos, a previsão de demandas e a organização de leitos, integrando esse controle a um sistema único supervisionado pelo gestor.

Por fim, vale lembrar que o agendamento on-line facilita inclusive a confirmação de consultas, diminuindo significativamente os prejuízos financeiro e operacional causados por ausências.

4. Dispositivos vestíveis

Agora imagine: e se esse agendamento pudesse ser feito de forma automatizada, tomando como base a condição de saúde do paciente, mesmo que ele ainda não apresentasse os sintomas? Aí é que entram os wearables, dispositivos vestíveis que se conectam à internet.

Acredite: os wearables estão se tornando a grande aposta para a saúde no futuro. A ideia é que relógios, roupas, calçados, pulseiras inteligentes e outros acessórios monitorem em tempo real os sinais vitais e o funcionamento de órgãos de quem os usa para identificar eventuais problemas.

No caso de um diabético, por exemplo, um wearable que monitore a glicose pode acusar uma hipoglicemia antes que o paciente sequer perceba. Assim, caso a condição se mostre um pouco mais severa, o dispositivo faz logo o contato com o médico.

5. Big Data

E se todas essas informações (como prontuários, agendamentos e monitoramento) estão integradas em um serviço na nuvem, por que não usá-las em larga escala para atender melhor uma população inteira? É isso mesmo: o uso de tecnologia na gestão hospitalar está gerando um volume enorme de dados que certamente vai revolucionar a medicina. Estamos falando do famoso Big Data.

Com informações macro sobre hábitos, atendimentos e problemas de saúde mais comuns, será possível, por exemplo, entender os fatores de risco e os agentes agravantes analisando a população de uma cidade inteira. Com esse insight, é possível criar campanhas personalizadas que promovam o bem-estar de todos.

Na área de pesquisas, ter acesso rápido a tantas informações pode contribuir bastante para a identificação de padrões e fatores de risco que ajudem a elaborar medicamentos mais eficientes e tratamentos mais precisos para tipos diferentes de doenças.

6. Consultas virtuais

Voltando à parte operacional de uma instituição de saúde, que tal aproveitar todas essas informações na nuvem sobre o paciente para atender a distância? Muitas consultas, como a triagem em grandes hospitais, não precisam necessariamente da interação pessoal entre médico e paciente, bastando uma boa conversa para fazer o devido encaminhamento.

Para o futuro, a ideia dos hospitais é abraçar as teleconsultas de vez, criando salas onde o paciente possa interagir com um médico por vídeo, tudo via internet. Aliás, em um futuro um pouco mais longínquo, esse processo poderia ser feito até de casa, sem que o paciente precisasse se deslocar!

Não é difícil perceber que esse tipo de tecnologia será especialmente positivo para regiões mais remotas, que contam com poucos profissionais especializados de prontidão para atender a população adequadamente.

7. Realidade virtual

A indústria dos videogames vem apostando pesado na realidade virtual por sua capacidade de imersão e interação em mundos construídos digitalmente. E não demorou muito para que profissionais da saúde enxergassem nessa característica uma oportunidade e tanto de criar novas formas de tratar pacientes!

Essa tecnologia será usada principalmente como apoio a tratamentos psicológicos e psiquiátricos, como fobias, transtornos e traumas. Ao expor o paciente a um ambiente seguro e controlado, é possível trabalhar medos e incapacitações como nunca foi possível na história da medicina.

8. Impressão 3D

Por mais que a impressão 3D ainda seja bem cara e limitada, a tendência da busca por essa tecnologia dentro dos hospitais está mudando o cenário. No futuro, esse recurso será um importantíssimo aliado da medicina.

Essas impressoras usam materiais sintéticos para criar objetos tridimensionais a partir de um modelo feito no computador. A proposta é criar próteses, ossos sintéticos e até órgãos feitos exclusivamente para determinado paciente, barateando o tratamento, reduzindo a rejeição e aumentando a taxa de sucesso em casos mais complicados.

9. Robótica e inteligência artificial

Por último, vamos um pouco além, pois o sonho mostrado em tantos filmes de ficção científica está cada vez mais próximo de se tornar realidade: a robótica já está sendo testada em hospitais pelo mundo afora, principalmente para operações mais precisas e feitas a distância.

E a evolução de inteligências artificiais mostra um cenário ainda mais empolgante vindo pela frente! No futuro, essas inteligências poderão apoiar gestores e médicos na criação de tratamentos, nas pesquisas de medicamentos e até na avaliação de riscos durante uma cirurgia.

Basicamente, a aplicação desse tipo de solução tem tudo para se mostrar a próxima grande revolução para salvar vidas e aumentar o bem-estar da população. Afinal, o uso da tecnologia na gestão hospitalar não envolve apenas lucro, eficiência e produtividade. Além de gerir uma empresa, o responsável por ela está valorizando a vida!

Você também acha importante que a tecnologia seja usada para o bem da população? Então que tal compartilhar este post em suas redes sociais? Quanto mais discutirmos sobre o assunto, mais rapidamente todas essas tendências se tornarão realidade!

 

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.

Deixar comentário.

Share This
Navegação