Gestão de Negócios

6 passos para gerar vantagem competitiva por meio da tecnologia

Escrito por SONDA

Pense bem: o que o levaria a decidir entre comprar um sanduíche no McDonald’s ou no Burger King? O que a Coca-Cola tem de diferente para superar sua concorrente direta, a Pepsi, no mercado mundial? Indo para o mundo da moda, responda: o que direcionaria os fãs do universo fashion para as coleções da Gucci em detrimento dos lançamentos da Prada ou Dolce & Gabbana? Pois esses fatores imponderáveis atendem pelo nome de vantagem competitiva.

A vantagem competitiva nada mais é que uma característica especial, algo que diferencia uma empresa das demais. É o brilho que reluz aos olhos dos consumidores, ofuscando seus pares do segmento.

Hoje em dia, com tantos concorrentes, inúmeras fontes de obtenção de produtos ou serviços e consumidores omnichannel extremamente exigentes, como aparecer no mercado? Se você sente que seu negócio está se perdendo cada dia mais na multidão empresarial, chegou a hora de resetar métodos, processos e visões obsoletas, colocando a tecnologia no centro do seu business. Veja como!

Qual a relação entre tecnologia e vantagem competitiva?

Segundo Arthur Thompson, professor da Harvard Business School, “as empresas formam vantagem competitiva quando suas estratégias apresentam o objetivo principal de proporcionar aos clientes aquilo que eles percebem como valor superior”. Outro ícone da mesma instituição, Michael Porter, complementa o conceito, detectando que as 3 fontes genéricas dessa vantagem são diferenciação, baixo custo e foco em mercado específico. O que acontece é que, atualmente, todas as fontes para geração desse valor superior estão intimamente relacionadas com o uso da tecnologia.

A Uber, por exemplo, trouxe a análise de dados para cruzar rotas de passageiros e oferecer viagens compartilhadas, aterrorizando os serviços de táxi que ainda funcionavam como há 30 anos — e que agora estão sofrendo as consequências do seu próprio atraso.

O Airbnb também descobriu no Big Data o segredo para oferecer serviços de locação de quartos que, além de mais baratos que os da rede hoteleira tradicional, são totalmente digitais e ainda estimulam a imersão cultural no contato com outros viajantes que disponibilizam sua residência em determinados períodos. A startup enxergou uma lacuna no mercado e usou a tecnologia para preenchê-la, gerando vantagem competitiva.

Como gerar vantagem competitiva por meio da tecnologia?

Mas como fazer sua empresa pesada, burocrática e inflexível se transformar em uma organização interativa, ágil e personalizada aos olhos dos clientes? Para isso, você pode seguir o passo a passo a seguir. Acompanhe!

1. Compreender as demandas internas da empresa

Uma empresa que quer se diferenciar das demais precisa, antes de mais nada, entender quais são suas demandas internas, incluindo suas limitações e seu potencial de crescimento. O uso de ferramentas de planejamento estratégico (como a análise SWOT) certamente o ajudarão a ter um diagnóstico preciso sobre o posicionamento da sua empresa no mercado e a distância entre o que a organização quer ser e seu estágio atual.

Essa radiografia deve envolver todos os departamentos para que todos os gaps de eficiência sejam listados. Processos redundantes, custos com perdas, reclamações dos clientes, avaliação da eficácia de sistemas de gestão e até benchmarking com os líderes de mercado: o balanço da organização deve conter tudo isso e muito mais! A partir da análise desses dados, é possível ver quais redesenhos de processos deverão tomar forma para alcançar vantagem competitiva por meio da tecnologia.

2. Dar flexibilidade e mobilidade ao negócio

Como anda a infraestrutura de TI de seu negócio? À medida que a empresa cresce, novos sistemas vão sendo adquiridos, novas plataformas em nuvem são implementadas e novos servidores e recursos de networking são agregados. O problema é que nada disso é feito de forma planejada para o longo prazo, mas sim de modo incremental — implementado de acordo com a necessidade.

Ao longo do tempo, essa visão tende a gerar uma série de problemas de gestão, que vão desde dificuldades de comunicação devido à Torre de Babel montada com os sistemas, passando pela má experiência de usuários até chegar a falhas de segurança, que, em alguns casos, podem ser letais.

Para ficar claro: um esportista que deseja ser campeão de atletismo, por exemplo, precisa primeiramente preparar seu corpo para os desafios que virão. Pois, da mesma forma, uma empresa que almeja ter vantagem competitiva no mercado necessita ter uma infraestrutura de TI robusta.

Isso significa contar com um sistema de gestão único, que de fato integre toda a empresa, bem como soluções de armazenamento de alta capacidade e segurança, evitando indisponibilidades e perda de dados, além de servidores virtualizados e uma plataforma em cloud computing que garanta mobilidade à organização. Tudo isso vai tornar o negócio mais veloz, flexível e adaptável às mudanças do mercado.

3. Explorar a análise de dados a favor da empresa

Entendido o que precisa ser corrigido internamente e providências devidamente tomadas, é hora de olhar para fora. Quem é seu público? Quais são suas demandas e suas queixas com relação aos produtos da concorrência? Todas essas perguntas serão respondidas via monitoramento de redes sociais, análise de dados de CRM, além da implementação de uma estratégia de interação com seus clientes.

Muitas empresas trabalham com monitoramento de mídias sociais para guiar suas criações. Assim faz a Renner, sempre antes do lançamento de suas coleções. Assim também faz a Amazon para criar seus produtos. Da mesma forma age o McDonald’s no lançamento de novos sanduíches. Mas o auge da relação entre data mining e produto se deu mesmo com a criação de uma cerveja toda baseada em ciência de dados, sabia?

A agência de marketing digital Havas Helia queria criar uma cerveja que expressasse as emoções dos consumidores com o ano de 2016. Com esse propósito, pesquisou milhares de palavras-chave nas redes sociais, cruzou os resultados com 24 emoções previamente definidas e, por fim, cruzou novamente as emoções selecionadas com 2,8 mil receitas com base em ingredientes, sabores e sensações.

Como resultado surgiu a 0101, um experimento que, embora pareça exagerado, evidencia a relação cada vez mais forte entre Big Data e vantagem competitiva com base em customizações.

4. Oferecer promoções personalizadas

Ainda no campo da análise de dados, além dos produtos personalizados, o Big Data também pode ser usado para entender o que cada cliente mais valoriza e quais são suas preferências para, a partir dessa consciência, oferecer promoções personalizadas. O Grupo Pão de Açúcar já trabalha com essa estratégia há alguns anos.

5. Automatizar o processo de produção para reduzir custos

Além da vantagem competitiva obtida pela diferenciação, também é possível obtê-la pelo preço. No entanto, para que você consiga reduzir o preço final oferecido ao consumidor, precisa que seus custos sejam reduzidos sem que isso afete a qualidade. A solução para essa matemática é apenas uma: automatizações. Como exemplo, vale a pena citar a disseminação dos assistentes pessoais virtuais.

6. Trazer os consumidores para o processo de criação

O mercado competitivo atual exige mais que a mera oferta de produtos. Hoje, é preciso encantar os clientes. Para isso, eles precisam se sentir mais que consumidores comuns, sentindo como se realmente fizessem parte do projeto.

Muitas empresas já perceberam essa demanda e criaram estratégias em mídias sociais para engajar seus clientes e permitir que deem contribuições no desenvolvimento de produtos. Anote aí: estratégias como essa são fundamentais para dar vantagem competitiva à sua empresa.

Agora que tal aproveitar o momento para saber mais sobre a aplicação do data mining nas estratégias de marketing?

 
 

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.

Deixar comentário.

Share This
Navegação