Gestão de Negócios

Quais as vantagens do blockchain para as empresas?

Escrito por SONDA

Um dos maiores impactos causados pela criação do Bitcoin foi o blockchain. A tecnologia utilizada pela criptomoeda para salvar informações sobre os pagamentos realizados na rede do Bitcoin já está sendo aplicada em diferentes setores de economia.

A razão é simples: o blockchain funciona como um mecanismo robusto e confiável para armazenamento de informações.

Quer saber mais sobre o tema? Então veja neste post como o blockchain surgiu, os seus usos e impactos no ambiente corporativo!

O que é o blockchain

Também conhecido como cadeia de blocos, o blockchain pode ser definido como o “livro razão” do Bitcoin, a criptomoeda desenvolvida em 2008. A estrutura de blocos de informações com todas as transações efetuadas no Bitcoin permite que usuários da moeda verifiquem facilmente a validade de qualquer registro.

Assim, a criptomoeda pode se manter livre de fraudes, mesmo sem uma estrutura centralizada para gestão do envio e recebimento de pagamentos online.

Todos os blocos do blockchain contam com mecanismos de segurança digital feitos para impedir qualquer modificação não autorizada. Em um bloco são armazenados dados como o momento em que a transação ocorreu, a chave pública dos usuários que dela participaram e um identificador único. Além disso, são vinculados dados sobre o bloco anterior, de tal forma que qualquer alteração se torna facilmente identificável.

As vantagens do blockchain para as empresas

Apesar de ter sido criado com foco no armazenamento das transações do Bitcoin, o blockchain pode ser usado para guardar qualquer tipo de informação. Para as empresas, isso se tornou um fator estratégico: negócios que necessitam de formas mais inteligentes e seguras para salvar os seus dados importantes podem contar com essa tecnologia para gerar mais confiabilidade para as políticas de gestão da informação.

Entre as principais vantagens dessa ferramenta, podemos destacar:

  • possibilidade de registrar transações com alta confiabilidade no momento em que elas ocorrem;
  • maior confiabilidade no armazenamento de registros;
  • diminuição da necessidade de um intermediário para salvar registros privados;
  • processo livre de fraudes;
  • otimização dos custos para armazenar registros corporativos;
  • maior transparência para processos administrativos;
  • alta flexibilidade.

A maior vantagem do blockchain é ser um mecanismo inviolável para armazenamento de dados. Quando implementada de forma correta, a cadeira de blocos dá ao usuário a capacidade de verificar a integridade de todos os registros facilmente. Basta analisar o hash dos blocos próximos para validar a confiabilidade de um registro.

A transparência das transações torna-se muito maior. Como cada registro pode ser verificado rapidamente, o empreendimento consegue validar a integridade dos seus processos de armazenamento com mais precisão, o que é algo fundamental em serviços que lidam com dados de alto valor.

E com a possibilidade de salvar dados de maneira descentralizada e com uma solução de código aberto, custos são reduzidos. A empresa pode manter os seus registros em um ambiente mais eficaz, em que o acesso a informações importantes é feito rapidamente. Assim, sobram mais recursos para investir em novas tecnologias e soluções de TI.

Como o blockchain pode ser utilizado no ambiente corporativo

Ao longo dos últimos anos, muitas empresas passaram a investir no blockchain como uma solução estratégica. De redes de supermercados a empresas do mercado financeiro, a aplicação dessa solução se tornou ampla.

Uma rede de supermercado, por exemplo, pode adotar o blockchain para otimizar o seu controle de estoque. Contando com um bloco de dados confiável e livre de alterações não autorizadas, a empresa passa a ter mais capacidade de avaliar quais são as mercadorias que devem ser repostas. Além disso, o controle sobre o estoque se torna mais eficaz, uma vez que cada bloco poderá conter todos os registros de identificação de um item.

No longo prazo, isso tornará o processo de tomada de decisões mais eficaz. A companhia terá uma ampla visão sobre o histórico de vendas de qualquer item em seu estoque. Dessa forma, o empreendimento terá mais mecanismos para distribuir mercadorias da maneira eficiente, otimizando ao máximo o seu planejamento para evitar desperdícios.

No sistema financeiro, o blockchain pode ser responsável por uma verdadeira revolução. Com essa tecnologia, bancos podem compartilhar dados com mais agilidade e segurança. Informações sobre transações, pagamentos e alertas são compartilhados entre diversas instituições automaticamente, reduzindo erros, fraudes e prejuízos.

Além disso, a descentralização agiliza processos. Pagamentos e transferências passam a ser feitos em prazos muito menores, sem que a segurança do correntista seja comprometida. Assim, as empresas podem criar serviços mais modernos e inteligentes.

A realização de investimentos, por exemplo, pode ser feita em menos etapas. Os dados sobre a compra e venda de ações podem ser compartilhados com maior agilidade, evitando prazos e gastos necessários para manter tais rotinas confiáveis.

Em qualquer empresa, o blockchain pode tornar o armazenamento de informações mais seguro e confiável. Uma rede de hospitais, por exemplo, consegue utilizar essa tecnologia para salvar dados de atendimentos de uma forma muito mais inteligente. Pacientes e médicos conseguirão acessar registros facilmente, independentemente do local em que se encontram.

Mecanismo de promoção de inovações e competitividade

O blockchain é uma tecnologia que surgiu há 10 anos, mas apenas recentemente foi incorporada ao ambiente corporativo. Porém, o seu potencial é grande. Empresas de vários setores podem utilizar a cadeia de blocos para armazenar registros com mais precisão e qualidade. Assim, os seus serviços se tornam mais robustos e confiáveis.

Em um cenário em que a segurança de dados se tornou um fator estratégico, a capacidade do negócio de manter registros em um ambiente de alto controle passou a ser algo crucial. Ameaças que executam alterações sem o controle do usuário prejudicam a integridade dos serviços da empresa e causam uma série de prejuízos. E, nesse sentido, a cadeia de blocos pode ser vista como uma alternativa para o empreendimento evitar fraudes e ter processos confiáveis.

Em resumo, ao integrar o blockchain ao ambiente empresarial, é possível levar mais segurança e confiabilidade para o negócio. Assim, a empresa garante que as suas políticas de gestão de segurança terão mais capacidade de atender às demandas externas e internas com mais integridade.

E junto ao uso de blockchain, o apoio de um parceiro estratégico pode ser algo fundamental para estruturar as políticas de gestão contínua de segurança. Quer saber como? Confira no nosso post sobre o assunto!

Sobre o autor

SONDA

A SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, atua em 10 países com mais de 22 mil colaboradores e 5 mil clientes ativos. Em parceria com seus clientes, a SONDA acredita que com o uso de soluções tecnológicas é possível transformar seus negócios, permitindo conquistar eficiência e vantagem competitiva. Entendemos do seu negócio e sabemos fazer acontecer, contando com uma equipe altamente capacitada. Para mais informações, acesse www.sonda.com/br.